Esportes DP

NÁUTICO

Náutico sai na frente, leva susto, mas garante vitória tranquila sobre o Guarani e dorme na liderança

Timbu chega a três vitórias em três jogos após fazer 3 a 1 sobre o Bugre, com gols de Vinícius, Kieza e Erick

postado em 11/06/2021 23:25 / atualizado em 11/06/2021 23:24

<i>(Foto: Celso Congilio/Guarani FC)</i>
Dormir na liderança da Série B já virou costume da torcida do Náutico, e será assim mais uma vez nesta sexta-feira, após a terceira vitória consecutiva do Timbu no campeonato. Dessa vez, a vítima foi o Guarani, derrotado por 3 a 1, com gols de Vinícius, Kieza e Erick (de pênalti) para o Alvirrubro, e Régis para o Bugre. Todos os gols foram marcados em um animado início de segundo tempo, em um jogo que foi controlado pelo Náutico.

O JOGO

O Náutico apresentou domínio no início. Com mais posse de bola e finalizações, o Timbu tentava aplicar um futebol de pressão e até conseguia chegar à área bugrina, mas penava na conclusão das jogadas. Do lado verde, o crescimento aconteceu ao longo do primeiro tempo, reduzindo o poderio da marcação alvirrubra. Mesmo igualando as forças, porém, o Guarani encontrava dificuldades na armação, chegando sem muita qualidade à área.

A evolução bugrina, porém, continuou, virando domínio. Na reta final, o Náutico começou a apresentar falhas importantes na defesa, abrindo espaço para finalizações do Guarani, que foi para o vestiário com mais que o dobro de chutes (11 x 5) e todos os três chutes certos.

SEGUNDO TEMPO

Depois do intervalo, o Náutico voltou a operar a marcação alta que tinha no começo do jogo. Foi assim que Erick, aos 5, recuperou a bola no meio e avançou ao ataque, passou para Jean Carlos, que passou para Vinícius, na quina da área, encher o pé e abrir o marcador. Após sair atrás, o Guarani aumentou a pressão e empatou após cinco minutos.

Régis recebeu na área, dominou, enganou a defesa, bateu e contou com o desvio em Bryan para o gol. Mais seis minutos depois, em cobrança de escanteio, a bola desviou na defesa e voltou para Kieza encher o pé. E, aos 19, após desvio no braço de Rodrigo Andrade, Erick converteu o pênalti e fez 3 a 1. Dessa vez, porém, o Guarani não teve o mesmo poder de reação, principalmente após a expulsão de Júlio César, aos 34, garantindo a terceira vitória.

PRÓXIMOS COMPROMISSOS

Depois do jogo desta sexta, Náutico e Guarani vem para o Nordeste, para jogos que acontecem às 19h da próxima terça-feira. Para o Timbu, o compromisso será como mandante, recebendo o Vila Nova. Já para o Bugre, o confronto acontece em Maceió, contra o CSA, que enfrentou o Náutico na rodada de estreia.

FICHA DO JOGO

Guarani 1
Gabriel Mesquita; Pablo (Diogo Mateus), Thales, Carlão e Bidu; Bruno Silva, Rodrigo Andrade (Tony), Bruno Sávio (Lucão do Break) e Júlio César; Régis e Matheus Davó (Matheus Souza). Técnico: Daniel Paulista.

Náutico 3
Alex Alves; Hereda, Camutanga, Wagner Leonardo e Bryan; Matheus Trindade, Rhaldney (Marciel) e Jean Carlos (Luiz Henrique); Erick (Giovanny), Vinícius (Rafinha) e Kieza (Guillermo Paiva). Técnico: Hélio dos Anjos

Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas-SP
Gols: Vinícius (5’/2ºT | NAU), Régis (10’/2ºT | GUA), Kieza (16’/2ºT | NAU), Erick (19’º/2T | NAU)
Cartões Amarelos: Daniel Paulista, Rodrigo Andrade, Bruno Sávio, Tales (GUA) e Hereda (NAU)
Cartão Vermelho: Júlio César (GUA)
Arbitragem: Jonathan Antero Silva (RO)
Assistentes: Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO) e Adenilson de Souza Barros (RO)

Tags: daniel paulista helio dos anjos serie b brinco de outro da princesa brinco de ouro nautico guarani erick kieza vinicius regis