Esportes DP

NÁUTICO

Náutico sai na frente, leva gol no final do jogo e empata com o Vasco em São Januário

Timbu abriu o placar ainda no primeiro tempo, dominou boa parte do jogo, mas sofreu o empate do Vasco aos 46 minutos da segunda etapa

postado em 18/07/2021 18:02 / atualizado em 18/07/2021 19:11

<i>(Foto: Vitor Brügger/Vasco)</i>
O Náutico empatou mais uma partida na Série B e deixou São Januário com um gosto amargo. Sem mudar o estilo de jogo, o Timbu se impôs contra o Vasco durante a maior parte do jogo, abriu o placar ainda no primeiro tempo com o atacante Vinícius, mas depois de desperdiçar chances para ampliar o marcador, sofreu o empate aos 46 minutos da segunda etapa. Morato recebeu sozinho na área e chutou forte para deixar tudo igual.

Com o empate, o Náutico chega a 26 pontos e continua isolado na liderança, com dois pontos a mais do que o Coritiba, segundo colocado, que tem um jogo a menos. Além disso, o Alvirrubro chega a 12 jogos sem ser derrotado e bate o recorde de invencibilidade que era do Corinthians, em 2008. Sem muito tempo de preparação, o Timbu já volta a campo na próxima quarta-feira, quando retorna ao Recife para enfrentar o Brasil de Pelotas, às 21h30, nos Aflitos.

O JOGO

Mesmo fora de casa, o Náutico começou o jogo comandando as ações em campo e buscando o ataque. Invicto há quatro partidas como mandante, o Vasco apostava nos contra-ataques, enquanto era pressionado na saída de bola. Aos 16 minutos, o time cruzmaltino até conseguiu chegar ao gol com o argentino Cano, mas a arbitragem, de maneira correta, assinalou impedimento do atacante Gabriel Pec, autor do que seria a assistência.

A partir da metade do primeiro tempo, o Vasco até começou a chegar mais vezes ao ataque, mas o Náutico continuava controlando a partida. Sempre perigoso nas bolas paradas, Jean Carlos cobrou escanteio aos 32 minutos e colocou a bola na cabeça de Vinícius, que só fez desviar para marcar o gol e abrir o placar em São Januário. Depois do gol, o Timbu continuou ditando o ritmo do jogo e não deu espaço para o adversário chegar com perigo.

Para o segundo tempo, o Vasco voltou do intervalo com duas substituições, que deixaram a equipe mais ofensiva. Apesar da postura diferente dos mandantes, o Náutico continuava marcando bem, fazendo com que o goleiro Alex Alves trabalhasse pouco até o momento. Mais reativo no jogo, o Timbu passou a explorar os contra-ataques e seguia oferecendo perigo ao goleiro Vanderlei, especialmente nas bolas paradas cobradas por Jean Carlos.

Em busca do empate, o Vasco começou a pressionar no ataque. Aos 36 minutos, por pouco não igualou o placar. Após boa jogada pelo lado esquerdo, Camutanga tentou afastar a bola dentro da área e acabou mandando para o próprio gol, acertando o travessão. Aos 46 minutos, no entanto, o Gigante da Colina conseguiu chegar ao gol. Morato recebeu a bola dentro da área e, na frente de Alex Alves, chutou forte para empatar e dar números finais ao jogo.

FICHA DO JOGO

Vasco 1
Vanderlei; Léo Matos (Riquelme), Ernando, Leandro Castan e Zeca; Andrey, Galarza (Juninho), Marquinhos Gabriel (Arthur Sales) e MT (Léo Jabá); Gabriel Pec (Morato) e Cano. Técnico: Marcelo Cabo.

Náutico 1
Alex Alves; Bryan, Carlão, Camutanga e Rafinha; Matheus Trindade (Iago Dias), Rhaldney (Djavan), Marciel (Luiz Henrique) e Jean Carlos; Vinícius e Kieza (Paiva). Técnico: Hélio dos Anjos.

Local: estádio São Januário (RJ)
Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)
Assistentes: Alex dos Santos e Éder Alexandre (ambos de SC)
Cartões amarelos: Gabriel Pec, Léo Matos (Vasco); Rhaldney, Matheus Trindade, Djavan, Carlão, Vinícius (Náutico)
Gols: Vinícius (Náutico) aos 32’ do 1ºT; Morato (Vasco) aos 46’ do 2ºT

Tags: Série B São Januário Campeonato Brasileiro náutico futebol vasco brasileirão